Whey protein e Diabetes Tipo 2

23/10/2016

Diabetes Mellitus tipo 2 (DM2) caracteriza-se por hiperglicemia, resultante de defeitos na secreção e ação da insulina e do aumento da secreção de glucagon, associados à resistência à insulina, progressiva falência das células beta e diminuição da secreção hormonal.
Estudos tem sugerido que a proteína do soro de leite (Whey) tem gerados efeitos benéficos no controle da saciedade e no metabolismo de glicose.
O whey parece induzir esses efeitos através de peptídeos bioativos e de aminoácidos gerados durante sua digestão intestinal.
Efeitos do Whey:

  • Inibe a enzima dipeptidil-peptidase-4 (DPP-4), sua inibição impede a degradação de GLP-1 (aumenta a biossíntese e a secreção de insulina na presença de glicose, inibe a secreção de glucagon, estimula a neogênese das células beta e sua proliferação e inibe a apoptose)
  • Aumenta secreção de GLP-1, GIP, PYY, CCK (hormônios anorexígenos, ou seja, dão mais saciedade).
  • Inibe grelina (hormônio orexígeno, ou seja, dá mais fome).
  • Uma relação inversa entre níveis de GLP-1 e grelina parece favorecer a saciedade.
  • Inibidores da DPP-4, ao aumentarem os níveis de GLP-1 poderiam prover efeitos na prevenção da cardiopatia, na neuroapatia periférica e na saciedade.

Fonte: Dipeptidyl peptidase-IV inhibitory peptides generated by tryptic hydrolysis of a whey protein concentrate rich in β-lactoglobulin.
Volume 141, Issue 2, 15 November 2013, Pages 1072-1077.
Biochemical and metabolic mechanisms by which dietary whey protein may combat obesity and Type 2 diabetes. Volume 24, Issue 1, January 2013, Pages 1-5.

Por Daiana Maeda.