Resveratrol: Para que serve?

02/02/2017

Resveratrol é um composto fenólico produzido naturalmente por algumas plantas com a finalidade de se proteger contra os ataques de fungos, bactérias e outros agentes patógenos. 

Resveratrol pode ser encontrado em uvas roxas, blueberry (mirtilo), suco de uva integral, amendoim, algumas frutas vermelhas e pistaches.

O resveratrol traz inúmeros benefícios para saúde, como:

  • Da mesma maneira que repele agentes agressores, o resveratrol também serve para combater radicais livres que danificam as células e promovem o envelhecimento precoce. 
  • Age como um protetor solar natural.
  • Uma das propriedades do resveratrol mais importantes para a saúde humana é o potencial antioxidante, que ajudar a combater os radiacais livre, prevenindo envelhecimento precoce.

  • Reduz a produção de LDL (o colesterol "ruim ou de baixa densidade) pelo fígado, por inibir a síntese de ácidos graxos. Um LDL em alta quantidade na corrente sanguínea leva à formação de placas de ateroma causando a elevação da pressão arterial e podendo desencadear obstrução dos vasos sanguíneos.
  • Aumenta a produção de HDL (o bom colesterol ou de alta densidade) pelo fígado.
  • Impede que ocorra a oxidação do LDL, bloqueando a absorção pelo organismo. Acredita-se que isso leve a diminuir as chances de desenvolver doenças cardiovasculares, como o infarto do miocárdio ou até mesmo o AVC.
  • Ajuda a inibir a produção da proteína beta amiloide que está ligada ao desenvolvimento do Alzheimer.
  • Bom para diabéticos e paciente cardíaco: Uma pesquisa mais recente demonstrou que o resveratrol foi responsável por uma redução nos processos inflamatórios de um pequeno grupo de voluntários. No estudo, publicado no Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism, participantes receberam ou um placebo ou cápsulas com 40mg resveratrol diariamente durante seis semanas.
  • Ao final da pesquisa, notou-se que o grupo que ingeriu o resveratrol apresentava menos estresse oxidativo (ou seja, menos atividade nociva dos radicais livres) e inflamação do que os voluntários que apenas receberam um placebo.

    Segundo os pesquisadores autores do trabalho científico, esse resultado sugere que o resveratrol pode ser utilizado para prevenir o diabetes do tipo 2 e complicações cardíacas.

    Por Daiana Maeda.