Equilíbrio nas Festas de Fim de Ano

15/12/2016

As festas de fim de ano são sinônimo de comilança e exageros, não é mesmo? Quem nunca prometeu iniciar uma dieta no dia 1 de janeiro, a fim de ficar livre para comer tudo e mais um pouco no natal e ano novo?

Sou contra radicalismos, afinal, essa é a chance para apreciarmos a comida de nossas mães e avós. E esse é um luxo que não deve ser desprezado! Além disso, quem se alimentou bem e fez exercícios o ano todo, não terá sua saúde e boa forma ameaçadas por conta de 4 refeições!

Portanto, darei algumas dicas para quem não quer sair da linha no final de ano, mas quer aproveitar tudo de gostoso que essa época deliciosa oferece!

Entradas

  • Comece degustando frutas e castanhas como nozes, amêndoas, noz pecan, castanha Portuguesa, etc., bem comuns nessa época. Elas fornecem muitos nutrientes importantes para nosso organismo e evitam o exagero nos pratos principais! Mas atenção, oleaginosas são alimentos calóricos, não ultrapasse dez unidades!
  • Garanta também um prato bem caprichado de salada de folhas que conferem saciedade sem interferir nas calorias.
  • Se optar pela famosa maionese de batata, evite o consumo de arroz ou farofa.

Guarnições

  • É comum termos arroz, farofa, batatas assadas, tortas, suflês... ou seja, todos carboidratos!
  • Portanto, escolha apenas um para acompanhar o prato principal. 
  • Se tiverem guarnições como berinjela, abobrinha, brócolis e alcachofra, estão liberados!

Prato principal

  • Sugiro evitar carnes como tender (que é um embutido cheio de sódio e substâncias cancerígenas), e aves temperadas pelo fabricante (cheias de sódio, conservantes e ingredientes esquisitos).
  • Prefira sempre carnes sem tempero para serem temperadas em casa!
  • Algumas sugestões: bacalhau bem dessalgado, aves, lombo suíno e até pernil.
  • A quantidade de proteína a ser consumida não deve ultrapassar o tamanho da palma da mão!

Sobremesa

  • Prefira sempre frutas. Mas um pedacinho de pavê também não faz mal a ninguém! 

Bebidas alcoólicas

  • Elas são supercalóricas e, em excesso, atrapalham o funcionamento do nosso organismo e ainda contribuem para a desidratação.
  • Prefira consumi-las apenas no momento do brinde. E se o consumo ultrapassar disso, intercale sempre com um copo de água! 



Por Jacqueline Zangrossi