O Que Sua Alimentação Tem a Ver Com Candidíase?

24/01/2017

Apesar de acometer homens e mulheres, a candidíase se manifesta principalmente em mulheres, na região vulvovaginal. O que pouca gente sabe é que a alimentação tem papel fundamental na prevenção e no tratamento da candidíase de repetição.

Trata-se de uma infecção da mucosa vaginal causada por fungos do gênero Candida, especialmente Candida albicans. Estes fungos são naturalmente presentes no trato gastrintestinal, mas podem se tornar patogênicos, dependendo de algumas condições, como:

  • Disbiose vaginal (diminuição de bactérias benéficas)
  • Gravidez
  • Uso de antibióticos
  • Baixa imunidade
  • Uso de contraceptivos orais
  • Diabetes
  • TPM

Além disso, alguns alimentos também podem favorecer seu crescimento e devem ser evitados nos períodos de tratamento

  • Leite de vaca e derivados
  • Alimentos com fungos (queijos, amendoim, oleaginosas quebradas)
  • Refrigerantes e sucos industrializados
  • Frutas secas
  • Alimentos com altos níveis de açúcares: arroz branco, pães, biscoitos, bolos e industrializados em geral
  • Alimentos com conservantes
  • Álcool
  • Cafeína

Incluir sob supervisão nutricional:

  • Uso de probióticos 
  • Alimentos de baixo índice glicêmico
  • Legumes, verduras e frutas (evitar as muito maduras)
  • Temperos como canela, cravo, tomilho, alho, orégano, gengibre
  • Óleo de coco 


Por Jacqueline Zangrossi